O registro do imóvel é o documento que declara que ele é seu. Ou seja, sem registro, não há propriedade declarada. Por isso, é fundamental que o proprietário do imóvel faça a assinatura da escritura sempre no ato da compra. A ADM imóveis separou algumas informações muito importantes sobre registro de imóveis para você.

Como funciona o registro de imóveis que são financiados?
É feita uma escritura em que há a anotação do financiamento. Ou seja, você exerce o direito da propriedade, mas só pode dar baixa na matrícula quando quitar todo o valor devido. Só mediante esta quitação é que é possível, por exemplo, transferir este bem para terceiros.
Quando você não faz o registro, você não tem a propriedade definitiva. Isso faz com que a construtora ou o antigo dono possa fazer negociações sobre o imóvel e até requerê-lo judicialmente.

Posso fazer o registro do meu imóvel em qualquer cartório?
Não. Só é possível registrar o seu imóvel em um cartório de registro de imóveis que seja responsável pela região em que o seu imóvel está inserido. Em Goiânia, por exemplo, há 4 cartórios de registro de imóveis, com circunscrições específicas, ou seja, responsáveis por documentar os imóveis determinadas áreas da capital.

São eles:
1ª Circunscrição, que fica no Jardim América.
2ª Circunscrição, que fica no Setor Oeste.
3ª Circunscrição, no Centro da capital.
4ª Circunscrição, no Jardim Goiás.

É preciso sempre checar se, de fato, você está fazendo o registro do imóvel no cartório certo, no cartório circunscrito para fazer o registro. Caso contrário, o registro será considerado nulo. O cartório certo é aquele em que o seu imóvel está registrado, é aquele em que há todo o histórico registrado por meio de certidões. Então, normalmente, o cartório já informa, ao fazer buscas pelo CPF, dados pessoais do proprietário ou até mesmo endereço, e descobre onde, de fato, o imóvel está registrado.

O registro é feito sempre que o imóvel é transferido de um proprietário para o outro, por meio de uma escritura pública, que pode ser feita em qualquer cartório e, em seguida, registrada no cartório de registro de imóveis. O cartório faz uma cobrança de um percentual sobre o valor da compra do imóvel, chamada de Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Cada cidade tem um percentual específico do ITBI.

É importante ressaltar que quem não tem registro do imóvel, não é dono. Portanto, sempre busque fazer a escritura em cartório, para garantir a propriedade e tornar a sua compra mais segura. A ADM Imóveis tem todas as informações necessárias para que você faça a compra do seu imóvel com segurança, portanto, nossos consultores estão à disposição.